terça-feira, 17 de julho de 2012

Você aqui.

Queria você aqui, deitar no seu colo em silêncio e ficar olhando o branco manchado das paredes, sentindo o suave passar de sua mão em meus cabelos bagunçados, tão bagunçados quanto meus pensamentos.
Tentando esquecer o mundo e por ele sendo esquecido.

Nenhum comentário: