sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Fica a tristeza, a ausência e a inconformidade.
Não é nada justo que uma garotinha de 3 anos parta, ainda mais com câncer. 
Escrevo essas linhas de coração, sem qualquer poesia, apenas para suprimir as lagrimas e a dor.
Foi-se uma princesa, ficou apenas um primo que amava essa garotinha.
Adeus.

Um comentário:

Leandro Batilli disse...

A ausência se fara presente em cada ato de ato de coragem e amor que foi ensinado com sua luta. Abraço do amigo Leandro Btilli.