domingo, 13 de janeiro de 2013

Alertei-me

Hoje eu não queria ver o que vi.
Senti tudo o que senti.
Não queria perceber certas essências.
Essências lamentáveis, talvez repugnantes..
Foi triste sentir assim, sem esperar.
Senti sem filtro nenhum, pois não estava ali analisando.
Senti porque deveria alertar.
Alertei, não como gostaria, calmamente, mas alertei.

Nenhum comentário: